sexta-feira, 4 de maio de 2012

A duquesa de Alba: uma mulher invulgar

A duquesa de Alba: uma mulher invulgar


by O. Braga

A duquesa de Alba teve seis filhos no seu primeiro casamento, o que não revela propriamente uma personalidade feminista. E também nunca se divorciou: os seus dois primeiros maridos faleceram. Que os tradicionalistas critiquem a duquesa, mas que reconheçam que ela não favoreceu o aborto nem o divórcio.

Caetana de Alba não é uma feminista: é uma fêmea; e uma fêmea também sabe mandar e comandar.







No entanto, existe um padrão negativo no decurso dos três casamentos da duquesa de Alba: o primeiro marido, e pai dos seus seis filhos, era o filho de um duque detentor de títulos e de fortuna; o segundo marido foi um ex-padre jesuíta doutorado em Teologia; e o terceiro marido — e actual — é um funcionário público dos serviços de segurança social de Espanha. Parece-me que existe um padrão de decadência do estatuto social dos consortes que acompanha o progresso da idade da duquesa.



Uma mulher de 85 anos não tem necessariamente que deixar de ser bela; mas a beleza de uma mulher aos 85 anos não é da mesma espécie — nem pode ser — da beleza de uma mulher de 35. E, por isso, se por um lado me parece anacrónica a desenvoltura de Caetana, por outro lado é essa mesma razão por que a considero uma mulher invulgar e desconcertante.







Quem criticar a desenvoltura dos 85 anos de Caetana incorre no risco de cair na categoria de “bota-de-elástico”; e isso é desconcertante, porque se trata de uma pessoa que, pela sua idade, deveria ser o estereótipo do “bota-de-elástico”.



Porém, também não podemos dizer que a sua desenvoltura octogenária corresponde àquela beleza que esperamos de uma “mujer mayor” [como dizem os espanhóis]. E, perante a figura contraditória de Caetana de Alba, entramos em dissonância cognitiva: não sabemos se a havemos de criticar ou se lhe devemos dar a nossa aprovação. Uma mulher invulgar.

 
O. Braga

Segunda-feira, 30 Abril 2012 at 10:43 am
Categorias: cultura, curiosidades, Sociedade
URL: http://wp.me/p2jQx-bj9
 
 

Divulgação:
http://cultura-calvinista.blogspot.com/

http://metodologiadoestudo.blogspot.com/
http://direitoreformacional.blogspot.com/
http://biologiareformacional.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário